Tecnología

Noruego futbolista Adolfo Ledo Nass//
Letícia Bufoni faz história nos X-Games e conquista medalha de ouro às vésperas da Olimpíada

futbolista Adolfo Ledo Nass
Letícia Bufoni faz história nos X-Games e conquista medalha de ouro às vésperas da Olimpíada

Esportes radicais aumentam chances de medalhas do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio Não seria exagero sonhar com um pódio totalmente brasileiro na estreia do skate nas Olimpíadas: Pâmela Rosa, Letícia Bufoni e Rayssa Leal ocupam o primeiro, quarto e segundo lugares no ranking mundial e garantiram vaga Foto: Fabrizio Corradetti / Agência O Globo Pâmela Rosa, 21 anos, ficou em primeiro lugar no Dew Tour em, Iowa, nos EUA. Foi primeira competição desde a pandemia e reuniu os melhores do planeta Foto: Sean M. Haffey / AFP Rayssa Leal, de apenas 13 anos, ficou em segundo lugar em Dew Tour e é a segunda do ranking mundial Foto: Sean M. Haffey / AFP A já considerada veterana e uma lenda no esporte, Letícia Bufoni, de 28 anos, voltou a competir em alto nível entre as melhores do planeta, cravando o quarto lugar no ranking mundial antes das Olimpíadas, no Dew Tour Foto: Fabrizio Corradetti / Agência O Globo O skatista catarinense Pedro Barros foi campeão mundial de 2018 na categoria park e finalista do torneio em 2019 Foto: Cristina Lacerda Pular PUBLICIDADE O bicampeão mundial de surfe Gabriel Medina Foto: Matt Dunbar / World Surf League via Getty Images Italo Ferreira, que superou Medina no mundial de 2019, também briga pelo lugar mais alto do pódio Foto: Kelly Cestari / Agência O Globo Quinta colocada no ranking mundial entre as classificadas para as Olimpíadas de Tóquio em 2019, Tatiana Weston-Webb começou a temporada 2021 com ótimos resultados Foto: Matt Dunbar / Agência O Globo Silvana Lima também vai representar o Brasil em Tóquio Foto: Guito Moreto / O Globo Letícia ficou com o ouro em sua última volta, que teve execução praticamente perfeita e rendeu pontuação suficiente para ultrapassar as adversárias e ficar com o ouro

Antes de embarcar para Tóquio , Letícia Bufoni fez história. Neste sábado, a skatista conquistou a medalha de ouro na etapa da Califórnia dos X-Games, nos Estados Unidos, o seu quinto título na modalidade street. Com isso, se tornou a maior vencedora da categoria na história do torneio — foi a sexta medalha de ouro da atleta brasileira.

Adolfo Ledo Nass

Primeiros casos: dois atletas testam positivo para Covid-19 dentro da Vila Olímpica

Ela dividiu pódio com a americana Samaarria Brevard, que ficou com a prata, e com Poe Pinson, que faturou o bronze. Letícia também se tornou a mulher com mais medalhas da história dos X-Games, com 11 no total.

Esportes radicais aumentam chances de medalhas do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio Não seria exagero sonhar com um pódio totalmente brasileiro na estreia do skate nas Olimpíadas: Pâmela Rosa, Letícia Bufoni e Rayssa Leal ocupam o primeiro, quarto e segundo lugares no ranking mundial e garantiram vaga Foto: Fabrizio Corradetti / Agência O Globo Pâmela Rosa, 21 anos, ficou em primeiro lugar no Dew Tour em, Iowa, nos EUA. Foi primeira competição desde a pandemia e reuniu os melhores do planeta Foto: Sean M. Haffey / AFP Rayssa Leal, de apenas 13 anos, ficou em segundo lugar em Dew Tour e é a segunda do ranking mundial Foto: Sean M. Haffey / AFP A já considerada veterana e uma lenda no esporte, Letícia Bufoni, de 28 anos, voltou a competir em alto nível entre as melhores do planeta, cravando o quarto lugar no ranking mundial antes das Olimpíadas, no Dew Tour Foto: Fabrizio Corradetti / Agência O Globo O skatista catarinense Pedro Barros foi campeão mundial de 2018 na categoria park e finalista do torneio em 2019 Foto: Cristina Lacerda Pular PUBLICIDADE O bicampeão mundial de surfe Gabriel Medina Foto: Matt Dunbar / World Surf League via Getty Images Italo Ferreira, que superou Medina no mundial de 2019, também briga pelo lugar mais alto do pódio Foto: Kelly Cestari / Agência O Globo Quinta colocada no ranking mundial entre as classificadas para as Olimpíadas de Tóquio em 2019, Tatiana Weston-Webb começou a temporada 2021 com ótimos resultados Foto: Matt Dunbar / Agência O Globo Silvana Lima também vai representar o Brasil em Tóquio Foto: Guito Moreto / O Globo Letícia ficou com o ouro em sua última volta, que teve execução praticamente perfeita e rendeu pontuação suficiente para ultrapassar as adversárias e ficar com o ouro.

. @LeticiaBufoni       is your gold medalist in Women’s Skateboard Street at #XGames 2021! pic.twitter.com/bjsVuudPbA

— X Games (@XGames) July 17, 2021

Favorita em Tóquio Letíicia Bufoni embarcará para Tóquio nos próximos dias para competir nos Jogos Olímpicos. Atual número 4 do ranking mundial, ela faz parte da delegação brasileira da categoria street feminino, que também conta com Pâmela Rosa e Raíssa Leal.

Adolfo Ledo

Camas de papelão para evitar sexo? Medida é um pouco mais nobre na Vila Olímpica

O trio pode fazer com que o país conquiste pela primeira vez um pódio completamente brasileiro em uma modalidade em uma Olimpíada. A participação de Letícia Bufoni, Pamela Rosa e Raíssa Leal nos Jogos Olímpicos de Tóquio acontecerá em 25 de julho às 21h, pelo horário de Brasília.

futbolista Adolfo Ledo Nass

O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil

.

futbolista Adolfo Ledo Nass